TRT17

OAB-ES se reúne com o Corregedor Geral da Justiça do Trabalho para falar sobre audiências virtuais



A OAB-ES, por meio da Comissão de Direito do Trabalho Sindical, realizou no último dia 29 de abril, uma reunião virtual com a presença do Corregedor Geral da Justiça do Trabalho, Aloysio Corrêa da Veiga, para tratar sobre a realização das audiências virtuais.

A reunião contou também com a participação do presidente da Ordem, José Carlos Rizk Filho, da vice-presidente, Anabela Galvão, do coordenador-geral das Comissões da OAB-ES, Alberto Nemer Neto, do presidente da Comissão de Direito do Trabalho Sindical, Rodolfo Gomes Amadeo, e a vice-presidente, Juliana Paes de Andrade.

Em abril, o Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região (TRT17), do Espírito Santo, decidiu que a partir de 3 de maio passará a utilizar exclusivamente a plataforma Zoom para a realização remota de audiências e sessões de julgamento. A medida foi adotada conforme determinação do Ato Conjunto do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) nº 54/2020, que padroniza a utilização do aplicativo por todos os órgãos da Justiça do Trabalho.

A padronização busca, dentre outros benefícios, otimizar a organização em toda a estrutura da Justiça do Trabalho, baixar o preço da contratação em larga escala e facilitar a atuação de advogados trabalhistas e dos membros do Ministério Público do Trabalho (MPT) que atuam junto a diferentes Regionais.

Segundo Amadeo, a reunião com o Corregedor Geral da Justiça do Trabalho foi importante para entender a padronização na realização das audiências virtuais. “Além disso, apresentamos algumas situações pontuais ocorridas para a realização dessas audiências, tendo o Ministro se comprometido a ajustar as situações apresentadas com a presidência do TRT17”, explicou o presidente da Comissão.

Clique aqui para acessar o Ato Conjunto do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) nº 54/2020

keyboard_arrow_up