Maior participação

OAB-ES cria Banco de Mulheres Advogadas Palestrantes




Com o objetivo de sugerir nomes para que as Comissões possam bem cumprir a Portaria n. 261/2020 da OAB, através de maior participação feminina e democratização nos eventos da instituição, a Comissão da Mulher Advogada propõe a criação do Banco de Mulheres Palestrantes da OAB-ES.

A Comissão ouviu o grupo de Presidentes de Comissões Temáticas da Seccional Capixaba e decidiu compilar em forma de um banco de dados o cadastro de advogadas aptas a realizar eventos pela Ordem.

De acordo com a presidente da comissão, Livia Dal Piaz, "o projeto promove a inclusão e democratização das mulheres no sistema OAB". A presidente ressalta ainda que o banco não é uma promessa de convite para palestrar: "o banco será uma sugestão de nomes que poderão ser usados pelos Presidentes das Comissões da Casa e por outras instituições que eventualmente solicitem. Será uma forma de mostrar que há no mercado diversas mulheres preparadas para travar debates jurídicos de qualidade". A comissão se preocupou, ainda, em fazer constar o campo "raça", de preenchimento facultativo, como forma de estar atenta à diversidade racial.

Confira abaixo o documento na íntegra
keyboard_arrow_up