Valorização para idosos

Reunião da Comissão do Idoso sobre o Plano de Valorização da Advocacia de 60 anos ou mais será na próxima quinta-feira (14/10)




A OAB-ES iniciou a implantação, no Espírito Santo, do Provimento 181 do Conselho Federal, que cria o Plano de Valorização da Advocacia de 60 anos ou mais.

E na próxima quinta-feira (14/10), a Comissão Estadual dos Direitos das Pessoas Idosas em parceria com a Escola Superior de Advocacia (ESA-ES), realizará uma reunião com os advogados de 60 anos ou mais para troca de informações sobre suas reais necessidades, objetivando a efetivação do programa de valorização da Advocacia Idosa na Seccional Espírito Santo.

O evento será presencial e está marcado para às 9h30 no auditório da Ordem, em Vitória.

No dia 1º de outubro, Dia Internacional da Pessoa Idosa, a OAB-ES, por meio da Comissão Estadual dos Direitos das Pessoas Idosas, deu início à implantação no Espírito Santo, do Provimento 181 do Conselho Federal, que cria o Plano de Valorização da Advocacia de 60 anos ou mais. O primeiro passo foi tornar definitiva a Comissão Especial do Idoso, passando agora a ser denominada Comissão Estadual dos Direitos das Pessoas Idosas. Também foram oficiadas todas a Subseções da OAB- ES recomendado, com fundamento no Provimento 181, a criação de Comissões permanentes na defesa dos Direitos das Pessoas Idosas

“A Comissão Estadual dos Direitos das Pessoas Idosas da OAB ES presta suas homenagens àqueles que construíram a nossa história. O Plano apresenta diversos aspectos como a criação de Comissões permanentes em todas as Seccionais, o debate sobre o tema nas conferências estaduais e nacionais, parcerias para a inclusão dos profissionais de 60 anos ou mais em instituições de ensino e no mercado de trabalho, inclusão dos idosos no sistema de tecnologia da informação digital e processos eletrônicos, política de concessão de benefícios, aplicação do direito de preferência dos advogados de 60 anos ou mais em todos os atos, nas Varas e Tribunais, entre outros importantes aspectos para a garantia da militância do advogado de 60 anos ou mais”, destacou a presidente da Comissão, Lislie Rodrigues Bayer.


keyboard_arrow_up