Valorização do interior

Caravana da Advocacia termina com o lançamento da pedra fundamental para a construção da sede própria da Subseção de Iúna



Após cinco dias na estrada, de Norte a Sul do Espírito Santo, a Caravana da Advocacia, promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Espírito Santo (OAB-ES), chegou ao fim nesta sexta-feira (10/06), com as palestras do advogado criminalista Nestor Távora -  “Direito Processual, Reformas e Sistema Acusatório” - e do presidente da Ordem, José Carlos Rizk Filho -  “As sete virtudes profissionais” - além do lançamento da pedra fundamental para a construção da sede própria da Subseção de Iúna. 

No lançamento da pedra fundamental, ao lado do presidente da Ordem, Rizk Filho, estavam os presidentes da Caixa de Assistência dos Advogados (CAAES), Ben-Hur Farina, e da Subseção, Christian Henrique Neves, e vários advogados e advogadas que acompanharam a Caravana da Advocacia.  

“Quero agradecer a todos, porque vocês, presidentes de Subseções, nos proporcionaram este momento para que pudéssemos fazer o bem. Porque a OAB, acima de tudo, é um sistema de voluntariado que nos ajuda a realizar coisas boas. E para mim é algo muito simbólico e emocionante, porque nós assumimos a Ordem com apenas R$ 127 mil. Então, hoje, poder realizar esta obra, graças às relações conquistadas junto à OAB Nacional, com uma verba quase 100% oriunda do Sistema Federal, é algo muito grande. Gostaria de agradecer ao Conselho Federal e à CAAES que nos apoiou. Para mim é um momento de muita felicidade poder iniciar esse projeto. E também quero parabenizar muito a Subseção de Iúna pela interlocução junto ao Poder Executivo, pois sem a doação do lote isso tudo seria inviável”, ressaltou Rizk Filho. 

Sucesso de público

O ciclo de palestras passou pelas Subseções de Aracruz, São Mateus, Linhares, Colatina, Serra, Guarapari, Cachoeiro de Itapemirim (representando a Região Sul), Venda Nova do Imigrante e terminou em Iúna. 

Os eventos atraíram dezenas de advogados e advogadas que lotaram os locais de apresentação das palestras. Nestor Távora e Rizk Filho foram muito aplaudidos pelas temáticas abordadas, proporcionando um debate enriquecedor. Os presidentes das Subseções, por sua vez, também demonstraram sua satisfação em receber a Caravana da Advocacia em seus municípios e região. 

Além de sua palestra - sobre a origem e a história dos sete pecados capitais e, em contraponto, apresentou as sete virtudes, já que cada atitude maléfica possui uma versão considerada boa -, o presidente Rizk Filho destacou a importância da valorização do interior, de levar conhecimento, através de capacitações com especialistas nacionais e capixabas do Direito, para advogados e advogadas dos 78 municípios do Espírito Santo. “Isso é essencial, porque a OAB não é só a Seccional, vai muito além, e não está apenas onde ficam as Subseções, mas no interior do interior, e cabe a nós, como instituição, abraçar essas localidades proporcionando as mesmas possibilidades de quem mora na Capital”, ressaltou.

O grande advogado criminalista, Nestor Távora, também fez questão de reafirmar a fala do presidente da Ordem em algumas ocasiões: “O trabalho de interiorizar a OAB e aproximá-la dentro do cenário de cada peculiaridade regional é sempre muito importante. Trocar experiências, ouvir os advogados e advogadas e saber a realidade da advocacia em cada localidade é uma excelente iniciativa”, afirma ele, que é Mestre em Direito Público pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Especialista em Ciências Criminais. 

A Caravana da Advocacia também contou com a presença da secretária-geral adjunta da OAB-ES, Silvia Hansen; do ouvidor-geral, Vinicius Lima; dos advogados Augusto Kennedy; Marcio Vieira; Mazinho dos Anjos (que também é Conselheiro Estadual) e Zacarias Neto (membro da Comissão de Prevenção de Drogas e da Coordenação Brasil x China); e das advogadas Marcelle Altoé (que também é jornalista), Cândida Denadai e Raquel Barros Rodrigues Wiorek (que cuidou de toda a organização). 

 

keyboard_arrow_up