Presidente da OAB-ES anuncia reformas nos parlatórios do CDP de Marataízes

Cândido Louzada, Pablo Carneiro, Fabrício Ribeiro, Homero Mafra e Giordano Lorencini no CDP de Marataízes
Cândido Louzada, Pablo Carneiro, Fabrício Ribeiro, Homero Mafra e Giordano Lorencini no CDP de Marataízes
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Espírito Santo (OAB-ES), Homero Mafra, visitou na tarde desta terça-feira (15) as instalações do Centro de Detenção Provisória de Marataízes, no Sul do Estado, e anunciou reformas nos parlatórios do presídio.
O anúncio foi feito em função das informações de que advogados e advogadas não estão trabalhando em condições ideais na unidade prisional. O local conta com quatro parlatórios, com cinco lugares cada. A Seccional vai equipar os locais com ar condicionado, cadeiras e novos interfones, entre outras benfeitorias.
"Já reformamos todos os parlatórios de Viana. Agora vamos reformar os parlatórios de Xuri e os do CDP de Marataízes", detalhou Homero Mafra, que visitou o presídio ao lado do presidente da 10a Subseção de Itapemirim, Cândido Louzada da Silva, e do membro da Comissão de Prerrogativas Giordano Tuão Lorencini.
Eles foram recebidos pelo diretor da unidade prisional, Fabrício Ribeiro Porto Fernandes, e pelo diretor-adjunto do CDP Marataízes, Pablo José Rocha Carneiro. O presídio tem 228 vagas e está atualmente com 340 presos.
keyboard_arrow_up