sistema prisional

Comissão de Defesa da Vida proporciona aproximação entre instituições religiosas e Sejus



A assistência religiosa nos presídios capixabas esteve em pauta na manhã desta segunda-feira (06) na sede da OAB-ES. O assunto foi discutido pela Comissão Especial de Defesa da Vida, que convidou a subsecretária de ressocialização da Secretaria de Justiça do Estado, Roberta Ferraz, para fazer uma conversa com os advogados e entidades que praticam a assistência.

O secretário da Comissão, Davi Esmael Menezes de Almeida, explicou que o objetivo foi estabelecer o diálogo entre as entidades que realizam assistência religiosa no sistema prisional e a Secretaria de Justiça. “Queremos quebrar arestas, retirar entraves, e, ao mesmo tempo, reconhecer que a assistência religiosa tem sido eficaz na reinserção do apenado na sociedade. Nesse momento, a OAB cumpre seu papel e olha para o preso com a esperança de que ele merece ser reinserido de uma forma que não retorne para uma nova prática de delito. ”



Como afirmou a subsecretária em sua exposição, hoje a Sejus possui 30 instituições religiosas cadastradas para realizarem visitas nos presídios, dentro dessas 30 existem 130 grupos com mais de 3 mil voluntários. Portanto, na reunião de hoje, foi explicado como é feito esse cadastro para a segurança das pessoas, dentro do grupo da Sejus voltado para a assistência religiosa, que é Grupo de Trabalho Interconfessional (Ginter).

Além de atuar na ampliação da assistência espiritual oferecida nos presídios e trabalhar pela boa relação entre os voluntários e servidores das unidades, o Ginter também capacita novos voluntários que desejam participar dos grupos que prestam assistência espiritual nos presídios.

“Respeitar a diversidade e trazer os projetos de todos os voluntários é de fundamental importância para o sistema”, salientou Roberta Ferraz.

Cadastro

De acordo com informações da Sejus, o cadastramento de novos voluntários pode ser feito no Programa de Assistência Socioespiritual aos Apenados  da Sejus, na Avenida Governador Bley, nº 236, Ed. Fabio Ruschi, Centro de Vitória.

Mais informações no telefone 3636-5832.
keyboard_arrow_up