Comissão da OAB-ES oferece orientação jurídica e apoio durante ação no Dia da Pessoa com Deficiência

A Comissão Especial dos Direitos das Pessoas com Deficiência da OAB-ES, com a presença da secretária-geral adjunta da Ordem, Érica Neves, participou do Festival de Esporte Inclusivo, promovido pela Prefeitura de Vitória, juntamente com outras instituições, no último final de semana, e contribuiu com orientação jurídica e com o desenvolvimento das diversas ações realizadas.   

Para a presidente da Comissão, Maristela Lugon, “é preciso criar ambientes de interação entre todas as pessoas, não importando se têm ou não deficiências. O respeito aos direitos das pessoas com deficiência tem que ser ensinado desde cedo, para que as novas gerações não repitam os erros da discriminação e do preconceito. ” 

Maristela frisou avaliou o evento como excelente, porque estavam presentes pessoas que não tinham deficiência e se integraram perfeitamente. “Tivemos a oportunidade de mostrar para as crianças sem deficiência como é andar em cima de uma cadeira de rodas e realizar outras atividades. Nos atendimentos de orientação jurídica as principais dúvidas foram sobre os direitos previdenciários e matrículas escolares. ” 

A advogada Mara Baldo, integrante da Comissão, afirmou que por ter um filho de 12 anos com autismo e deficiência motora e perceber o ganho que ele tem com atividades lúdicas, considera de extrema importância mostrar para as pessoas o quanto vale a pena investir nisso. “Temos que oferecer às crianças da rede pública essas atividades como teatro, teatro de fantoches, esportes, entre outras. Durante o evento conseguimos atingir a inclusão e integração proposta. Estivemos juntos no mesmo ambiente sem o olhar diferenciado”, esclareceu. 

“Fiquei muito emocionada ao ver e partilhar essa experiência de integração”. 

A Comissão da OAB-ES pretende realizar eventos como este ao longo do próximo ano.






Atividades

O evento contou com apresentação de dança dos alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Vitória (Apae), peça de teatro "O Fantasma do Convento", com Rodrigo Campanelli, Cleverson Guerrera e Patricia Eugênio, futebol e basquete com o gigante Casé, teatro de fantoches, oficina de psicomotricidade, "Método Coordenando-se" (com Lu Braga), espaço beleza para as mamães e responsáveis, vivência prática das atividades para deficientes. 

keyboard_arrow_up