Advocacia jovem debate extinção da cláusula de barreira e aviltamento de honorários em Colégio Nacional de Presidentes

A presidente da Comissão Estadual da Advocacia em Início de Carreira (CEAIC) da OAB-ES, Natálya Assunção, participou nesta quarta-feira (21) da reunião do Colégio Nacional de Presidentes da Jovem Advocacia de todo o país, reunidos em Natal (RN) para a II Conferência Nacional da Jovem Advocacia. A Conferência vai até esta sexta-feira (23), e conta com a participação da presidente da Comissão e de outros membros da jovem advocacia capixaba. 

De acordo com Natálya Assunção, o Colégio de Presidentes discutiu vários temas relevantes, como o encaminhamento ao Conselho Federal do projeto de extinção da Cláusula de Barreira;  formas de valorizar o trabalho da jovem mulher advogada; o combate ao aviltamento de honorários praticados pelos sites que comercializam atividades de correspondência jurídica; e a legislação que regula a publicidade na advocacia, perante o Código de Ética, entre outros temas. 

A presidente da CEAIC será uma das palestrantes no evento na manhã desta sexta-feira, quando participará, das 9h às 11h, do Painel "O papel da jovem advocacia na luta pela efetivação do acesso à Justiça".  Participam também do Painel os conselheiros federais da OAB Aurino Bernardo Giacomelli Carlos e Eduardo Serrano da Rocha; Leandro Nava (OAB Jovem SP);  Daniel Aragão (OAB Jovem CE);  Naiara de Moraes e Silva (Diretor-Geral da ESA/PI); e Nicácio Carvalho (Presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante da OAB/RN). 

A presidente da CEAIC, Natálya Assunção, está participando das discussões

A reunião do Colégio de Presidentes invadiu a madrugada de quarta para quinta-feira, e, nesta quinta-feira, foi realizada a abertura oficial do evento, com a presença do presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia.  “Muitos afirmam que o futuro depende dos jovens do presente. Vou além: é o próprio presente que depende dos jovens advogados. E é por isso que temos noção de que o fim da cláusula de barreira no âmbito da nossa instituição é uma luta legítima das advogadas e advogados que estão começando sua carreira. Por isso reitero aqui o compromisso de termos cada vez mais a jovem advocacia no seio da nossa instituição”,  disse Claudio Lamachia em seu dicurso. 

O presidente da Comissão Nacional da Jovem Advocacia, Alexandre Mantovani, destacou a realização do evento como a concretização do Plano Nacional de Apoio à Valorização da Jovem Advocacia, criado através do Provimento n. 162/2015. “Natal é hoje a capital da advocacia brasileira, não apenas da jovem, uma vez que todos os segmentos se fazem representados neste evento”, afirmou. Mantovani também anunciou o lançamento do Censo da Jovem Advocacia, cuja finalidade é conhecer o perfil e ouvir a necessidade deste segmento.
keyboard_arrow_up