Advocacia Criminal

Advocacia passa a ter espaço de trabalho no Complexo do Xuri



A OAB-ES, por meio da Comissão da Advocacia Criminal e Política Penitenciária, e a Direção da Penitenciária Estadual de Vila Velha 2 localizada no Complexo de Xuri, concluíram a estruturação do espaço de trabalho para os advogados na sala de espera da Unidade Prisional.

A doação dos equipamentos de informática e hidratação dos advogados pela OAB-ES foi entregue na última segunda-feira (16/11) e foram recebidos pelo diretor Bruno Nienke, parceiro na idealização e concretização do projeto.

“Ter uma mesa de trabalho com computador, internet, impressora e ponto de hidratação com um bebedouro no interior das unidades prisionais são fundamentais para a advocacia capixaba, principalmente pela circunstância de que o Complexo de Xuri, como outros, é muito afastado dos centros urbanos e escritórios de advocacia, o que gera entraves para simples consultas, confecção de procurações e petições direcionadas às direções de unidades prisionais. Esse espaço de trabalho é de suma importância para o exercício profissional dos criminalistas e demonstra o comprometimento da OAB-ES em zelar pelo conforto e plenitude profissional da classe. Também temos que agradecer ao diretor Bruno Nienke, que demonstrou respeito pela advocacia na idealização em conjunto e apoio do projeto. A intenção, ainda para este ano, é replicar esse modelo de espaços para outras unidades e criar novas salas de uso exclusivo dos advogados que já funcionam no Complexo de Viana, em cada um dos complexos penitenciários capixabas, tanto na Grande Vitória como no interior. As tratativas para a criação de novas salas já estão em andamento com a SEJUS que cederá a utilização dos espaços para a OAB-ES”, afirmou o presidente da Comissão da Advocacia Criminal e Política Penitenciária, Anderson Burke.

keyboard_arrow_up