(27) 3232-5600
     
 
CURSOS PRESENCIAIS
 
Mediação Judicial
15/09/2017 a 01/10/2017 • 08h00 às 22h00
Vagas Esgotadas

Mediação Judicial

Coordenação Acadêmica:
Barbara Seccato

Periodo e Horário do curso: 
15/09/2017 -
18:30 as 22:00
16/09/2017
 - 8:00 as 19:00
17/09/2017 - 9:00 as 18:00
29/09/2017 - 18:30 às 22:00
30/09/2017 -  8:00 as 19:00
01/10/2017  - 9:00 as 18:00

Local: Auditorio I da ESA (Rua Alberto de Oliveira Santos, 59, Ed. Ricamar, 15ª andar, SL. 1512 - Centro - Vitória-ES).

Carga Horária Certificada: o aluno deverá ter 100% de frequência e cumprir todas as etapas do curso e estágio para obteraprovação.

40hTeóricas 

60h práticas - 60 horas de práticas de estágio supervisionado pelos instrutores do Curso.



INVESTIMENTO →

Advogados  adimplentes na OAB/ES:

 R$1.280,00que poderá ser pago em até 4 (quatro) parcelas no cartão de crédito;

R$1.180,00, à vista no boleto bancário.

 Demais participantes: 

R$ 1.950,00, que poderá ser pago em até 4 (quatro) parcelas no cartão de crédito;

R$ 1.850,00, à vista no boleto bancário.

 Apenas 24 vagas!

Importante: Lei Federal nº 13.140 - Art. 11.  Poderá atuar como mediador judicial a pessoa capaz, graduada há pelo menos dois anos em curso de ensino superior de instituição reconhecida pelo Ministério da Educação e que tenha obtido capacitação em escola ou instituição de formação de mediadores, reconhecida pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados - ENFAM ou pelos tribunais, observados os requisitos mínimos estabelecidos pelo Conselho Nacional de Justiça em conjunto com o Ministério da Justiça. 


Curso de acordo com a RESOLUÇÃO 125/10 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA – CNJ.

 

Programação:


Aula 1 - 
 15 de setembro. Horário: 18:30h às 22h00

 

1) Abertura

  1. Apresentação
  2. Importância e a qualidade da capacitação;
  3. Introdução e visão geral do Curso
  4. Breve Histórico

 

2) Política Judiciária Nacional de Tratamento Adequado de Conflitos

  1. Princípios Constitucionais: Princípio do acesso à Justiça e pacificação social. Princípio da dignidade de pessoa humana;
  2. A Mudança de paradigma. O papel do CNJ, NUPEMEC, CEJUSC, e outras Instituições públicas e privadas;
  3. Audiência de conciliação e mediação no novo CPC.

 

Aula 2– 16 de setembro. Horário: 08 h às 12h e 13:00 h às 19:00 h.

 

3) Métodos Alternativos de Solução de Conflitos (MASCs)

  1. Panorama nacional e internacional. A cultura da paz. A autocomposição e a heterocomposição.
  2. Noções gerais e diferenciação entre os principais métodos de resolução de conflitos: judicial, negociação, conciliação, mediação e arbitragem.

 

4) Teoria da Comunicação e Teoria dos Jogos

  1. Teoria da Comunicação.
  2. Axiomas da comunicação.
  3. Comunicação verbal e Não Verbal.
  4. Escuta ativa. Comunicação nas pautas de interação e no estudo do inter-relacionamento humano: aspectos sociológicos e aspectos psicológicos. Premissas Conceituais da Autocomposição.

 

5) Moderna Teoria do Conflito

  1. Conceito e estrutura. Aspectos objetivos e subjetivos. Conflito aparente e subjacente. Processos construtivos e destrutivos. As espirais de conflito.

 

Aula 3 - 17 de setembro Horário: 9h às 12h e 13h às 18h

 

FUNDAMENTOS DA NEGOCIAÇÃO PARA MEDIADORES

6) A Importância da Negociação

  1. Integração e distribuição do valor das negociações. Técnicas básicas de negociação por princípios. A barganha distributiva e a negociação integrativa. A melhor alternativa para acordos negociados.
  2. Técnicas intermediárias de negociação (estratégias de estabelecimento de rapport; transformação de adversários em parceiros; comunicação efetiva).
  3. Pessoas/Interesses/Posições;
  4. Métodos da negociação baseada em princípios.

 

7) A Conciliação e a Mediação

  1. Conceito e Filosofia. Conciliação/Mediação judicial e extrajudicial;
  2. Conciliação ou Mediação;
  3. O Papel do Conciliador/Mediador e sua relação com os envolvidos (o magistrado, o promotor, o advogado, o defensor público) na conciliação e na mediação.
    • Mediação e a Conciliação e suas Áreas de Utilização – Parte 1

 

  1. Mediação suas diversas áreas
  2. Oenvolvimento com outras áreas do conhecimento. A interdisciplinariedade da           Mediação: sociologia, psicologia, antropologia e direito;
  3. As Escolas ou Modelos de MediaçãoOs diferentes modelos e suas ferramentas: Harvard ou facilitativo, transformativo, circular-narrativo, avaliativo.

 

Aula 4 – 29 de setembro. Horário: 18:30 às 22 h

 

8) O Processo de Mediação – Parte 1

  1. A pré-mediação e a mediação propriamente dita (acolhida, declaração inicial das partes, planejamento, esclarecimento dos interesses ocultos e negociação do acordo);
  2. Os princípios da mediação e papel do mediador e a co-mediação;
  3. Etapas da mediação: A declaração de abertura;
  4. O estabelecimento do Rapport;
  5. O controle sobre o processo;
  6. Contornando as dificuldades: situações de desequilíbrio, descontrole emocional, embriaguez e desrespeito;
  7. Reunião de informações. A escuta ativa. A técnica do resumo. A recontextualização. O cuidado ao fazer perguntas. A transformação de adversários em parceiros. Comunicação efetiva. Afago. Espelhamento.

 

Aula 5 – 30 de setembro. Horário: 08:00h às 12h e de 13 h às 19:00 h

 

 09) Mediação e a Conciliação e suas Áreas de Utilização – Parte 2

  1. Panorama Histórico. Legislação Brasileira: Projetos de Lei dos Juizados Especiais. Resolução 125, Novo CPC e Lei da Mediação.
  2. Áreas de atuação da Conciliação e Mediação no Ambiente Cível, Empresarial, Penal e Justiça Restaurativa.

10) O Processo de Mediação – Parte 3

 

  1. Identificação de questões, interesses e sentimentos. O acondicionamento das questões e interesses das partes;
  2. Sessões conjuntas e individuais. Validação de sentimentos. Inversão de papéis;
  3. A geração de opções e a negociação. O teste de realidade. Identificação de propostas implícitas. A construção do acordo.
  4. Finalizando a mediação: com ou sem acordo?;
  5. A finalidade da mediação e seu caráter educativo.

 

Aula 6 – 01 de Outubro Horário: 9 às 12h e 13h às 18h00.

 

11) Revisitando as Ferramentas de Conciliação e Mediação

  1. A escuta ativa. O resumo. A recontextualização. A inversão de papéis. O silêncio. A Normalização. O enfoque prospectivo. Teste de realidade. A validação de sentimento.

 

12) O Código de Ética do Conciliador e Mediador.

  1. O Terceiro facilitador. Funções ,postura e limites de atuação. O papel do observador. .
  2. Simulação
  3. Parte prática: supervisão e auto supervisão


NFORMAÇÕES IMPORTANTES:

1 - A inscrição será efetivada após confirmação do recebimento do e-mail com comprovante de pagamento do boleto bancário ou aprovação do cartão. 
([email protected]).

Caso o boleto não seja pago ou cartão não aprovado, a inscrição é cancelada automaticamente e a vaga disponibilizada

2 - Por contar com número limitado de vagas, somente haverá devolução do valor da inscrição para as desistências que se derem até 05  (cinco) dias úteis antes do início do Curso. Após esta data somente ser realizada substituição de nome com a antecedência mínima de 01 dias útil da data do início do curso.


           3 - Certificação: para os alunos com 100% de frequência, comprovada através de lista de presença e cumprir todas as etapas do curso e estágio para obter aprovação.

 
     
 
© 2017 • Ordem dos Advogados do Brasil - ES • Todos os direitos reservados!